/Post

Utilizar a marca de outras empresas para anunciar no Google

Como você já deve saber, os usuários utilizam palavras-chave para fazer consultas no Google. Entre os resultados, aparecem anúncios – também conhecidos como links patrocinados – que normalmente são relacionados ao termo digitado pelo usuário.

É muito comum no varejo online, utilizar marcas de grandes empresas como palavra-chave ou parte do texto do anúncio. Vamos usar como exemplo uma loja virtual que comercializa, exclusivamente, produtos da HP. Para que esse anunciante tenha um resultado satisfatório anunciando no Google, é indispensável que ele utilize a marca como palavra-chave para filtrar as pessoas que procuram por um Vaio, Dell, Samsung, Acer ou outras marcas. Nesse caso, não há problema algum, ao contrário de uma empresa que utiliza o nome do concorrente para se promover.

Qual o problema em utilizar o nome do concorrente como palavra-chave?

Caso não seja uma marca registrada, teoricamente, não há problema algum, mas é antiético e judicialmente errado, caso o anúncio engane o usuário fazendo ele pensar que o anúncio é da empresa que ele procura.

Imagina um concorrente usando o nome da sua empresa para anunciar no Google Adwords, sendo que você gastou dinheiro e tempo para fazer a marca crescer e ficar consolidada no mercado. Você acha justo seu concorrente pegar carona e “roubar” seus clientes?

Como impedir que o concorrente utilize minha marca como palavra-chave ou parte do texto do anúncio?

Primeiramente, tente resolver o caso de forma amigável. Entre em contato com o concorrente e solicite que ele pare de utilizar a marca da sua empresa.

Caso a forma amigável não resolva e sua marca seja registrada no INPI, você pode fazer uma reclamação no Google por meio desse formulário. Lembrando que dificilmente o Google protegerá sua marca caso ela não seja do tipo nominativa. A MestreSEO escreveu justamente sobre isso.

Como o Google pode levar um bom tempo para processar seu pedido, procure um advogado especializado na área para tomar as medidas necessárias para que seu concorrente não utilize sua marca indevidamente.

Posso utilizar o nome de empresas relacionadas (não concorrentes) com os meus produtos/serviços como palavra-chave?

Sim, desde que você não engane o usuário ou viole a política de publicidade do Adwords.

Digamos que sua empresa venda buquês para noivas. Seu público vai procurar por igrejas, bufês e vestidos de noiva. É mais do que natural anunciar para esses termos e empresas que trabalham com isso. Mas tome alguns cuidados. Faça anúncios estáticos, ou seja, não utilize a inserção de palavra-chave – {keyword:} – e deixe o anúncio o mais claro possível, para que o usuário não se engane achando que você é a empresa que ele procura.

Usar ou não usar? Eis a questão.

Anunciar utilizando a marca do concorrente é assumir que a sua é inferior. Mas você pode usar marcas relacionadas, como descrito acima, em sua estratégia de links patrocinados. Mas fique atento. Como será utilizado termos que não são diretamente relacionados com seu site, o índice de qualidade e o CTR podem ser bem baixos. Para não prejudicar o resto da conta e ter um controle melhor dos gastos, crie uma campanha apenas para isso.

Como esse tema é algo muito delicado, em caso de dúvida, não utilize.

Rota Publicitária - Caminho entre você e seus futuros clientes